A Matemática na Música – Geometria de um noturno de Chopin

Abril 3, 2012

Tão bonito…


Equações escondidas no Mundo

Abril 3, 2012

A New Scientist TV está a publicar uma série de animações “Um Minuto Matemático“. Aqui estão algumas das mais poderosas equações matemáticas:

[brightcove vid=1449008273001&exp3=2227271001&surl=http://c.brightcove.com/services&pubid=981571807&pk=AQ~~,AAAAADqBmN8~,Yo4S_rZKGX0rYg6XsV7i3F9IB8jNBoiY&w=480&h=360]

Tangram

Setembro 17, 2010

O Tangram é um antigo quebra-cabeças de origem chinesa. Pouco se sabe acerca do inventor ou da origem do Tangram. Até a origem do nome é obscura. Na Ásia é chamado de “sete placas da sabedoria”. Na China dão-lhe o nome de “Ch’i ch’iao t’u” ou de “sete peças da astúcia”.

Diz “uma das lendas” que um jovem chinês, ao despedir-se do seu mestre para uma grande viagem pelo mundo, recebeu um espelho de forma quadrada e ouviu:

– Com esse espelho, registarás tudo o que vires durante a viagem, para mostrar-me na volta.

O discípulo, surpreendido, perguntou:

– Mas mestre, como, com um simples espelho, poderei eu mostrar-lhe tudo o que encontrar durante a viagem?

No momento em que fez esta pergunta, o espelho caiu-lhe das mãos quebrando-se em sete peças. Então o mestre disse:

– Agora poderás, com essas sete peças, construir figuras para ilustrar o que vires durante a viagem.

(Wikipédia)

Podes construir figuras com o tangram online aqui. Para movimentares uma peça, selecciona-a com o botão esquerdo do rato e move-a. Para rodares uma peça, selecciona um dos vértices com o botão esquerdo do rato e roda-o.

É possível construir o Tangram utilizando apenas uma folha de papel A4. Para saberes como fazer, segue as instruções, em Inglês, nos vídeos seguintes:

Tangram – parte 1

Tangram – parte 2

Boas construções!


Matemativerso no Carnaval da Matemática

Agosto 16, 2010

O Matemativerso participou no Carnaval da Matemática, uma iniciativa que pretende divulgar blogues de Matemática.

Podes ver aqui.


Criptografia – Enigma

Março 2, 2010

Do Grego kryptós, “escondido”, e gráphein, “escrever”, é geralmente entendida como sendo o estudo dos princípios e das técnicas pelas quais a informação pode ser transformada da sua forma original para outra ilegível, a menos que seja conhecida uma “chave secreta”, o que a torna difícil de ser lida por alguém não autorizado. Assim sendo, só o receptor da mensagem pode ler a informação com facilidade.

Enigma é o nome por que é conhecida uma máquina electro-mecânica de criptografia com rotores, utilizada tanto para cifrar como para decifrar mensagens secretas, usada em várias formas na Europa a partir dos anos 1920. A sua fama vem de ter sido utilizada pelas forças militares alemãs a partir de cerca de 1930. A facilidade de uso e a suposta indecifrabilidade do código foram as principais razões para a sua popularidade. O código foi, no entanto, decifrado, e a informação contida nas mensagens que ele não protegeu é geralmente tida como responsável pelo fim da Segunda Guerra Mundial, pelo menos um ano antes do que seria de prever. (Wikipédia)

Como funciona a Enigma?

Aqui fica um vídeo, em inglês, com uma breve explicação:

Alguns sítios onde podem encontrar informações interessantes sobre estes assuntos:

Tcrl twghnmkoj.      (cifra de Vigenère, chave: sorte)

😉


Alice e a Matemática

Janeiro 3, 2010

 

Na “New Scientist” de 16 de Dezembro, Melanie Bayley escreve sobre “Alice no País das Maravilhas” do clérigo e matemático Lewis Carrol, argumentando que é preciso saber a história da matemática no século XIX para compreender a ficção. – De Rerum Natura – ler aqui.


Testa a idade do teu cérebro!

Setembro 13, 2008

Este jogo japonês vai mostrar se o teu cérebro é mais jovem ou mais velho que o resto do teu corpo!

Como jogar:
1. Clica em “start”.
2. Aguarda pelo 3, 2, 1.
3. Memoriza a posição dos números e clica nos círculos correspondentes, sempre do menor para o maior número.
Nota: Começa com o ZERO se ele estiver presente.
4. No final do jogo, o computador vai dizer a idade do teu cérebro!!!

Boa sorte!

Clica aqui para jogares.

Diz qual foi o teu resultado! 😉